sábado, 30 de junho de 2012

A teoria austríaca do capital e dos juros

URL: http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1105


_d108.jpgQuais seriam os respectivos valores presentes de um investimento que retornasse $100 daqui a um ano, daqui a dois ou daqui a três anos, com uma taxa de juros de mercado de, digamos, 10%?  Eles seriam, respectivamente, $90,91, $82,64 e $75,13.  Isso significa que $100 daqui a um ano vale subjetivamente o mesmo que $90,91 hoje; que $100 daqui a dois anos vale subjetivamente o mesmo que $82,64 hoje, e que $100 daqui a três anos vale subjetivamente o mesmo tanto que $75,13 hoje.

Agora, suponha que a preferência temporal das pessoas dessa sociedade tenha mudado, de modo que elas agora optaram por poupar mais.  Consequentemente, haverá uma maior oferta de poupança disponível para ser emprestada.  Isso derruba a taxa de juros para, digamos, 7%.  Quais serão agora os valores presentes daquele investimento que retorna $100 daqui a um, dois e três anos?  Os valores presentes seriam, respectivamente, $93.46, $87.34 e $81.63.

Observe que o valor presente aumentou para todos os três potenciais investimentos, cada qual com um horizonte temporal diferente.  Porém, os aumentos percentuais dos valores presentes desses três possíveis horizontes de investimento não seriam os mesmos.  Para o investimento de um ano, seu valor presente aumentou 2,8%. Para o investimento de dois anos, seu valor presente aumentou 5,7%.  E para o investimento de três anos, seu valor presente aumentou 8,6%.  Claramente, a tendência de uma queda na taxa de juros é estimular um aumento nos investimentos com períodos mais longos de produção.

Postar um comentário