quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Voto consciente

Rodrigo Constantino explica por que anular o voto não vai resultar em nada.




Postar um comentário