terça-feira, 30 de outubro de 2012

Uma moeda forte poderia trazer desvantagens para os brasileiros?

URL: http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1441


desvalorização do real com a inflação.jpgSim, uma moeda forte seria uma bênção para a população brasileira.  Ela representaria um aumento do poder de compra do trabalhador e, consequente, um aumento em seu padrão de vida.  Ela teria o mesmo efeito de um aumento salarial permanente.  Ela imediatamente daria aos brasileiros acesso barato a uma farta quantia de bens e serviços estrangeiros, aumentando enormemente nosso padrão de vida.  Os nacionalistas que hoje batem no peito para elogiar o Brasil e escarnecer a situação europeia certamente nunca saíram do país e não têm a mínima ideia da invejável qualidade de vida do cidadão médio nos países mais atrasados da Europa.

Mas uma moeda forte impõe certas disciplinas que, se não forem obedecidas e respeitadas, farão várias vítimas.  Por exemplo, dado que uma moeda forte não combina com uma expansão pródiga do crédito, esta ausência de inflação monetária não permitirá a continuidade de atividades econômicas artificiais, as quais só podem ser sustentadas justamente por meio de contínuas expansões monetárias.  Pense em um restaurante com música ao vivo tocada por uma banda barulhenta e desafinada.  Ninguém realmente quer ouvir aquilo, mas acaba, por educação, pagando o couvert.  O restaurante seria a atividade econômica sólida e a banda seria a atividade econômica artificial.  Em um ambiente de moeda forte, não manipulada, esta banda não teria emprego.  Seus integrantes teriam de procurar outras atividades mais produtivas.  Já em um ambiente de moeda fraca e inflacionada, haveria dinheiro para o couvert desta banda.  Mas o ônus viria na forma de pratos e bebidas mais caros para os clientes, bem como serviços mais relaxados e de menor qualidade.

Postar um comentário