sábado, 28 de julho de 2012

Palestras no exterior sobre os problemas das urnas-e brasileiras.

Cada vez mais a verdade desastrosa sobre nossas urnas-e vai sendo conhecida no exterior.

1) Palestras no Equador sobre urnas eletrônicas

O Eng. Amilcar Brunazo Filho, moderador do Forum do Voto-E, foi convidado para duas visitas e uma série de palestras no CNE (Conselho Nacional Eleitoral) do Equador para falar sobre confiabilidade do voto eletrônico.

As 3 primeiras palestras terão o seguintes temas:

1- Aspectos Conceptuales del Voto Electrónico - Principios y Requisitos Fundamentales
2- Performance de la Biometría en las Elecciones 2010 en Brasil
3- Como Barajar Votos Digitales

2) Palestra nos EUA sobre as fragilidades das urnas brasileiras.

O prof. Diego Aranha da UnB, que demonstrou como era possível quebrar o sigilo do voto nas urnas brasileiras, foi convidado para dar uma palestra no dia 06 de agosto no "2012 Electronic Voting Technology Workshop/Workshop on Trustworthy Elections", em Michigan/EUA, com o título: "Software Vulnerabilities in the Brazilian Voting Machine"

https://www.usenix.org/conference/evtwote12/tech-schedule/workshop-program

Infelizmente, aqui no Brasil, ainda há muito desconhecimento e ufanismo equivocado sobre a realidade e a fragilidade das nossas atrasadíssimas urnas de 1ª geração. A grande imprensa, advogados eleitorais e até o Ministério Público são totalmente desinformados e desinteressados sobre a falta de transparência eleitoral no Brasil.

Saudações,

Eng. Amilcar Brunazo Filho

O eleitor argentino pode ver e conferir
o conteúdo do registro digital do seu voto
antes de deixar o local de votação.
O eleitor brasileiro não pode!
No Brasil, o voto é secreto até para o próprio eleitor.

Eu sei em quem votei. Eles Também.
Mas só eles sabem quem recebeu meu voto

Conheça o Relatório CMind 1 sobre as urnas eletrônicas brasileiras
           e o Relatório CMind 2 sobre as urnas eletrônicas argentinas

Postar um comentário