sábado, 28 de maio de 2011

Keiko Ota quer mudanças no Código Penal

PLENÁRIO - Keiko Ota quer mudanças no Código Penal

A deputada Keiko Ota (PSB-SP) defendeu mudanças no Código Penal para
tornar mais rígidas as penas em casos de crimes hediondos. A deputada,
que teve um filho assassinado aos oito anos de idade, disse que vai
reapresentar uma proposta de iniciativa popular, trazida à Câmara em
1999, com quase três milhões de assinaturas, para criar a pena de
prisão perpétua para crimes hediondos.

Ela também anunciou que está recolhendo assinaturas para lançar, em
agosto, uma frente parlamentar em defesa das vítimas de violência.

Keiko Ota argumentou que é preciso endurecer as penas para fazer com
que os criminosos pensem duas vezes antes de agir. "Nosso Código Penal
é de 1940, mas a realidade mudou. Nossas famílias estão em luto porque
as pessoas estão cada vez mais violentas e tira-se a vida do outro por
motivos banais", afirmou.

Além do aumento da pena, a deputada pediu mais restrições em benefícios
concedidos aos autores de crimes violentos, como limitações à
progressão penal e a visitas íntimas.

A deputada garantiu que sua atuação parlamentar será direcionada para
acabar com a impunidade. "Passada mais de uma década da morte do meu
filho Ives Ota, candidatei-me por estar cansada do descaso das
autoridades. Recebi votos de brasileiros que não aguentam tanta
impunidade." --
http://www.camara.gov.br/internet/jornalcamara/default.asp?selecao=materia&codMat=64121


--

Postar um comentário