domingo, 29 de maio de 2011

Conta outra, doutor

URL: http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/sanatorio-geral/conta-outra-doutor-8/


“O procurador agiu com base em meros boatos. Não existe o menor indício de qualquer irregularidade”

José Roberto Batochio, advogado de Antonio Palocci, sobre a decisão do procurador Paulo José Rocha Júnior de investigar o milagre da multiplicação do patrimônio, recitando a mesmíssima frase que decorou em 2009 para livrar o cliente do merecidíssimo castigo pelo estupro do sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa.

Postar um comentário