quinta-feira, 10 de maio de 2012

Inflação não é um aumento generalizado nos preços

URL: http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1302


5953.jpgA inflação surgiu quando o regente de um país -- por exemplo, um monarca -- obrigava seus cidadãos a lhe entregar todas as moedas de ouro que possuíam sob o pretexto de que uma nova moeda iria substituir a atual.  Neste processo, o monarca falsificava o conteúdo das moedas de ouro misturando a elas algum outro metal e devolvia aos cidadãos moedas contendo ouro diluído.

Por causa desta diluição das moedas de ouro, o monarca podia agora cunhar uma quantidade maior de moedas e utilizar estas moedas extras para cobrir seus próprios gastos.  Aquilo que continuava sendo visto como uma moeda de ouro puro era na verdade uma moeda de ouro diluído.

Este aumento no número de moedas gerado pela diluição das moedas de ouro é exatamente a definição de inflação.  Como resultado deste aumento da quantidade de moedas que se faziam passar por moedas de ouro puro, os preços em termos de moedas subiam (mais moedas estavam sendo trocadas pela mesma quantidade de bens). Como resultado desta inflação, o monarca podia agora incorrer em uma troca de nada por alguma coisa: utilizando moedas adulteradas, ele podia obter para si próprio recursos da economia.  Ao fazer isso, ele está retirando recursos dos cidadãos e os desviando para si próprio, sem ter produzido nada em troca.

Postar um comentário